Novo projeto: Perguntas e Respostas. Colabora!
 
11votos

A grande imprensa está criando uma legião de midiotas: Entrevista com Luciano Martins Costa

O objetivo principal é se contrapor à tendência da sociedade brasileira, no fim dos anos 1990, de questionar o sistema econômico e de exigir a expansão dos direitos formalmente garantidos na Constituinte de 1988. A Constituição, como se sabe, foi feita sob a égide da “sociedade civil organizada”. Acontece que, na época, cerca de 51% da população brasileira era excluída da sociedade e a “sociedade civil organizada” era apenas uma metáfora para as entidades corporativas, como os sindicatos, federações de indústrias, OAB e setores...

21votos

Impulsan unha nova operadora leiteira galega

ULEGA conta con 2.500 gandeiras/os cunha produción de 600.000 toneladas anuais de leite e, xunto con APROLAC, con capacidade de negociar contratos na Galiza, crearán un "stock entre os máis destacados das zonas produtivas da UE". “A industria ten que asumir que contratos, prezos e volumes son intereses compartidos e como tales teñen que ser negociados, cunha perspectiva de estabilidade e esquecendo os réditos cortoplacistas", suliña a organización de produtores.

12votos

Um ano de intervalo a descobrir o mundo não é perder tempo

Partir à aventura ainda não é comum em Portugal. Associação quer dar uma ajuda e vai sortear um ano de intervalo. "Não é perder um ano, é ganhar muita coisa: mais-valias para o mercado de trabalho e mais-valias pessoais." É assim que quem passa por um gap year (GY) descreve a experiência de adiar um ano a entrada no ensino superior ou no mercado de trabalho e aproveitar para conhecer o mundo. Voluntariado, trabalho temporário ou simplesmente viajar são as opções mais comuns. Em Portugal estima-se que anualmente há cerca de 70 gappers.

13votos

Suécia adota pronome neutro para designar pessoas transgénero

A Suécia decidiu integrar, a partir de abril, nos dicionários oficiais de língua sueca, um pronome de género neutro para referir uma pessoa sem revelar o seu género. O novo pronome, que vai ser acrescentado aos comuns "ele" ou "ela", será uma das 13 mil novas palavras que vão constar na edição renovada do dicionário da Academia Sueca SAOL. O pronome, designado em sueco como "hen", é usado para referir uma pessoa sem revelar o seu género, seja porque ele é desconhecido ou porque a pessoa em questão é transgénero.

13votos

Um cento de motivos para se ser independetista

Alguns exemplos do livro: 1- Para que outros olhem a nossa experiência e apreendam. 2- Para proder enfrentar melhor a pobreza e a desigualdade. 3- Porque na espanha a alternativa é a morte. 4- Porque é um movimento de abaixo a cima 5- Para rachar com o neofranquismo e a recentralização. 6- Para decidirmos todo nós e desde zero. 7- Para poder termos umas relações normais e de respeito mutuo com os espanhois. 8- Para darmos um exemplo de civismo e de alegria do processo. 9- Porque é a vontade da maioria. 10- Para desfazermo-nos dos borbões

8votos

Mugre nas Ondas arma-se de novo!

Depois duma longa pausa, voltam com as pilhas carregadas e apresentam o oitavo programa radiofónico de Mugre nas Ondas!

10votos

Recuperar soberania, desarmar o TTIP

Vigo acolhe em Março e Abril umas jornadas internacionais organizadas por Ecoar. O objectivo é informar das consequências, nefastas para a populaçom e o ambiente, dos tratados de livre comércio que estão a negociar, com opacidade, Europa e USA. A primeira convidada é Susan George nesta quinta feira. O 18 de Abril será o dia mundial contra o TTIP ( http://praza.gal/economia/8934/18-de-abril-cita-contra-o-ttip/ ).

Do 26/03/2015 ata o 18/04/2015
10votos

A xustiza declara ilegal o cesamento do director do IES Illa de Arousa

O fallo, con carácter firme, condena a Xunta a abonarlle 8.644 euros correspondentes ao importe que Alfonso Malvido deixou de percibir polo seu cargo desde que foi cesado. Aliás, o goberno galego deberá facer fronte ao pagamento das costas do xuízo. Piden o "cese fulminante" do xefe territorial Desde a CIG-Ensino afirman que a sentenza pon de manifesto a actuación "represiva" e "contraria á lei" practicada pola Xefatura territorial da Xunta en Pontevedra. Asemade, lembran que o retraso no inicio do curso respondía á falta de profesorado.

 1 comentários em: Cultura, Ensino karma: 85
11votos

Sistema judicial do Peru dictou a sua primeira sentença em idioma aymara

O quechua e o aymara foram declarados línguas oficiais no Peru em 1975. Tiveram que passar, porem, 40 anos para que se redacte a primeira sentença judicial numha língua indígena, o aymara. “Eu também me preguntei por que passou tanto tempo”, admite Julio César Chucuya, o juíz de 39 anos encarregado de a dictar, o passado 13 de março. “Alguém tinha que dar o primeiro passo de escrever umha sentença numha língua indígena”, acrescenta o juíz.

18votos

Parlamento neerlandês proíbe herbicida da Monsanto

O parlamento neerlandês proibiu a venda do herbicida "Roundup", o veneno favorito da Monsanto para garantir os seus lucros.

13votos

Banco Mundial está à procura de falantes de português

O Banco Mundial está à procura de jovens recém-licenciados que dominem a língua portuguesa para integrar as suas equipas. Os candidatos devem ter até 28 anos e formação académica superior. De acordo com a instituição internacional, os interessados devem ser fluentes em inglês e numa língua usada pelo Banco Mundial, entre as quais o português. O Banco Mundial, com sede em Washington, nos Estados Unidos, opera em cerca de 170 países e conta com mais de 10 mil empregados espalhados por todo o mundo.

10votos

Galiza, 1809, microbios contra Napoleón

Is microbios son afeccionados a combater nas guerras. E fixérono tamén durante a invasión francesa de Galiza en 1809, hai pouco máis de dous séculos. De feito, os ocupantes franceses chegaron moi castigados polas enfermidades, o que contribuiría á vitoria dos paisanos contra a todopoderosa maquinaria bélica de Napoleón. Galiza ten tamén o seu propio “Xeneral Inverno“. Se ben non é tan estrito como o seu homólogo ruso, esnaquiza aos soldados desde a súa victoria na Batalla de Elviña en xaneiro de 1809 ata ata a súa derrota definitiva.

17votos

Desubordinemos o galego do castelhano. Um exemplo Rato-Rata e Ratazana

A causa desta aberrante e disfuncional utilizaçom em galego da voz rata radica, como acontece em milhentos outros casos, por um lado, na histórica subordinaçom social e cultural ao castelhano que a língua galego-portuguesa padece na Galiza desde o século XVI e, por outro, na inadequaçom e/ou ineficácia das medidas de regeneraçom lingüística e lexical que o movimento galeguista tem aplicado à língua desde o Ressurgimento oitocentista. Especificamente, o problema designativo enunciado deve-se, em primeiro lugar, à histórica incidência sobre o léx

 1 comentários em: Cultura, Língua karma: 80
15votos

'Greve lingüística' para denunciar a discriminaçom do gaélico nas instituçons europeias

Liadh Ní Riada, eurodeputada do Sinn Féin, só falou em gaélico irlandês durante as últimas duas semanas para visibilizar assi os impedimentos impostos ao uso deste idioma. [texto em gaélico]

13votos

Falecem dous marinheiros em augas da Costa da Morte

Dous marinheiros de Laje (Bergantinhos) sofreram o naufrágio da sua gamela cando trabalhavam o polvo com mau tempo. O mar deixou os seus corpos sem vida na praia de Soesto.

Chuza